Hoje é dia: 22 de junho, 2024
Estamos de olho

Burrice ou incompetência?

A prefeita de Campo Grande e candidata à reeleição, Adriane Lopes (PP), lançou edital para contratar empresa para executar obras de contenção de desmoronamento nas margens do Córrego Anhanduí, precisamente na Avenida Ernesto Geisel entre as ruas da Abolição e Bom Sucesso, no valor de R$ 22,4 milhões. O problema é que a “sábia” gestora municipal simplesmente não contemplou na licitação o trecho com cratera gigantesca em frente ao Ginásio Guanandizão que, inclusive, fica a...

Waldson Godoi
Compartilhe
Estamos de olho

Oficialmente, réu!

O prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, é oficialmente réu pela prática dos crimes de corrupção e falsidade ideológica para conseguir votos e garantir a reeleição, em 2020. O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) aceitou a denúncia contra o prefeito da Cidade Branca, o assessor Marconi de Souza Junior e a responsável pela Central de Regulação da Secretaria de Saúde, Mariluce Gonçalves Leão. Se tudo der certo e Marcelo Iunes for condenado, ele ficará ineleg...

Waldson Godoi
Compartilhe
Estamos de olho

Manobra eleitoreira

Esperta que só, às vésperas das eleições municipais a candidata à reeleição, prefeita Adriane Lopes, anunciou a criação de 10.210 cargos eletivos, sendo 4,2 mil destinados ao setor administrativo da Secretaria de Educação. A promessa consiste em substituir a infinidade de comissionados que existem na Prefeitura por meio de concurso público. Visando garantir votos para a sua ilusória reeleição, Adriane anunciou o lançamento do processo seletivo 11 anos após o último certame ...

Waldson Godoi
Compartilhe
Estamos de olho

Propina dos 10%

Em Sidrolândia a regra era clara: ninguém fechava contrato com a Prefeitura se não pagasse ao então secretário de Fazenda de lá e atual vereador de Campo Grande, Claudinho Serra, propina equivalente a 10% do valor total do produto fornecido ou serviço prestado. Pelo menos é o que consta na delação do ex-servidor Tiago Basso da Silva que revelou detalhes de como funcionava o esquema de corrupção em Sidrolândia. Além dos 10% de “mesada” cobrada por Claudinho Serra, genro da pr...

Waldson Godoi
Compartilhe
Estamos de olho

Atrapalhar para se livrar!

Pra que ajudar se o que importa é atrapalhar? Essa é a missão processual do poderoso empresário João Amorim que, pela 2ª vez consecutiva teve negado pelo Superior Tribunal de Justiça o pedido para anular a denúncia por corrupção passiva majorada e organização criminosa na Operação Coffee Break. Amorim insiste que as interceptações telefônicas são ilegais e que o juiz da 6ª Vara Criminal de Campo Grande não teria analisado a resposta à acusação. Seguindo firme na estrat...

Waldson Godoi
Compartilhe
Estamos de olho

Empresário picareta

Está marcado para novembro o julgamento do empresário Celso Éder Gonzaga, acusado de aplicar golpe de R$ 1,3 milhão no ex-deputado estadual, Maurício Picarelli. O parlamentar foi apenas uma das 60 mil vítimas do golpista que chegou a ser alvo da Operação Ouro de Ofir, da Polícia Federal. Com a promessa de receber lucros extraordinários, Picarelli colocou a casa de R$ 1,8 milhão à venda, “investiu” boa parte do dinheiro com o picareta, caiu no golpe e amargou o prejuízo. Agora...

Waldson Godoi
Compartilhe
Estamos de olho.

Golpe!

Caixas de descarga, fitas veda rosca, dispenser de papel toalha e cola adesiva podem custar mais de R$ 2 milhões, conforme consta em edital de licitação aberta pela Prefeitura de Campo Grande para a compra de material hidráulico. Sem especificar ou informar qualquer detalhe, o edital menciona apenas que os materiais servirão para atender à solicitação dos órgãos do município. A empresa vencedora do certame será conhecida na manhã do dia 20/06 e nós do *Jornal O Consumidor* estar...

Waldson Godoi
Compartilhe
Estamos de olho

Não sabia?!

Será mesmo que o ex-secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, não sabia do esquema que desviou R$ 48,3 milhões da Saúde e da Educação de Mato Grosso do Sul? O Ministério Público já protocolou três ações criminais por corrupção, organização criminosa e peculato contra os investigados, entre eles, a chefe do setor de Licitação, Simone de Oliveira Ramires Castro, os irmãos e empresários, Lucas e Sérgio Coutinho, além do coordenador da Apae,...

Waldson Godoi
Compartilhe
Estamos de olho

Aumento de 54%?

Pouco mais de um mês depois de firmar contrato com a empresa S.E. de Oliveira Avila Ltda, a Prefeitura Municipal de Campo Grande concedeu reajuste de 54% pela compra de frango para merenda escolar. No momento da assinatura do contrato, em 23 de abril, ficou acordado que o município pagaria R$ 1.305.505,35 pelo frango sassami, entretanto, no início de junho as partes assinaram termo aditivo e o valor saltou para R$ 2.011.445,28. Ora, assim fica fácil vencer uma licitação: a empresa apres...

Waldson Godoi
Compartilhe
Estamos de olho

Crime em família

Pelas costas do governador Eduardo Riedel, servidores das secretarias de Saúde e Educação se aliaram aos empresários e irmãos, Lucas de Andrade Coutinho e Sérgio Duarte Coutinho para desviar mais de R$ 10 milhões dos cofres públicos. Os irmãos foram presos na 1ª fase da Operação Turn Off, mas assim que ganharam a liberdade Lucas e Sérgio voltaram às práticas criminosos, sendo presos novamente na 2ª fase da operação. “ Em total afronta e reiteração criminosa, continuaram ...

Waldson Godoi
Compartilhe

Jornal Impresso

Sites Profissionais